[Tempest Talks] Ameaças em redes wi-fi corporativas

Com o tema “Ameaças em redes wi-fi corporativas”, o consultor de Segurança e líder da célula de pesquisas de vulnerabilidades em redes Wi-fi da Tempest Toronto Garcez, apresentou a segunda palestra do Tempest Talks São Paulo, realizado no dia 8 deste mês, no bairro do Jardins.

Na ocasião, Toronto explicou que o wi-fi “geralmente é tido como um tipo de acesso menos nobre porque sua arquitetura está mais suscetível a ataques externos”. Neste cenário, o analista evidenciou problemas relacionados aos modelos de BYOD (Bring Your Own Device) largamente utilizados, através de uma abordagem técnica apontando os principais problemas de arquitetura de redes wi-fi e suas vulnerabilidades, bem como apresentou soluções que conferem maior segurança para essas conexões.

A apresentação de Garcez integrou a parte técnica da programação, que foi considerada interessante e equilibrada pelo gerente de Segurança da Informação do Banco Santander, Daniel Ho. “Gostei bastante dos temas da parte gerencial, mas também achei muito interessante os temas da parte técnica. O tema é bom quando você sai da apresentação com muitas dúvidas e tem oportunidade de conversar bastante sobre o assunto, e foi essa a sensação que eu tive aqui no evento”, comentou.

Para o analista, compartilhar a pesquisa é uma experiência gratificante. “Esse público fomenta a segurança no sentido de viabilizar execução de projetos. Sendo assim, é extremamente interessante trazer tecnicamente o forte impacto que representa essas vulnerabilidades que conhecemos”, diz Toronto.

Para João Lins, diretor de Vulnerability Management na Tempest e responsável pelo Software Security Labs da empresa, “o trabalho apresentado traz à tona os principais problemas dessas arquiteturas, quais os impactos em termos de segurança e propõe soluções”. “Esse tipo de pesquisa é de extrema importância para mostrar que é possível propor adequações em arquiteturas de redes wi-fi que possam mitigar os problemas de segurança mantendo os requisitos de negócio e de usabilidade e sem a necessidade de "começar do zero", avaliou João Lins.

*Toronto Garcez é consultor de Segurança e líder da célula de pesquisas de vulnerabilidades em redes Wi-fi da Tempest.

Partes anteriores

Próximas partes

Comentários
Aceita-se formatação à la TWiki. HTML e scripts são filtrados. Máximo 15KiB.

 
Enviando... por favor aguarde...
Comentário enviado com suceso -- obrigado.
Ele aparecerá quando os moderadores o aprovarem.
Houve uma falha no envio do formulário!
Deixei uma nota para os admins verificarem o problema.
Perdoe-nos o transtorno. Por favor tente novamente mais tarde.