Palestra sobre o PostFix - Wietse Venema

Nessa apresentação, a única de cunho técnico que eu gostei ate o momento, palestrante falou sobre as motivações, e o desenvolvimento do Postfix.

Infelizmente, eu cheguei um pouco atrasado nessa palestra, devido ao fato de ter entrado em uma sala errada onde o palestrante da mesma não compareceu, e a produção do evento levou 15 minutos para descobrir isso.

No momento em que eu cheguei na palestra, o palestrante estava a falar da motivação que o levou a escrever o Postfix, que basicamente foi, os vários problemas de segurança que estavam surgindo no Sendmail, que era ate então, o mais usado servidor de e-mail.

Com isso, ao desenvolver o Postfix ele se preocupou bastante com fatores de segurança, dentre os quais, o mais enfatizado na palestra foi, diminuir os privilégios necessários pra rodar o serviço, já que no Sendmail era preciso ter privilégios de root. No Postfix, ele queria que o mesmo necessitasse apenas do mínimo necessário para funcionar, diminuindo assim a possibilidade de comprometimento do sistema inteiro, caso o serviço de e-mail fosse comprometido por alguma vulnerabilidade.

Os malwares, era uma questão que também deveria ser levada em consideração, mesmo ele estando desenvolvendo um software para rodar nos Unix-like, o servidor também serviria para enviar mensagens para os Windows, cujo para tal, a quantidades de malwares estavam aumentando, e a quantidades de e-mails contendo os mesmo começava a crescer.

Neste momento o autor foi questionado sobre a insegurança do protocolo SMTP, que segundo ele, essa é uma questão que não tem tanta importância, pois o maior problema esta no fato de que as pessoas necessitam invariavelmente receber mensagens de pessoas desconhecidas, e contra isso o protocolo nada poderia fazer.

Além das preocupações com segurança, o autor também desejava que o seu sistema tivesse bom desempenho, pois, para se tornar um sistema competitivo, ele precisava no mínimo ter a mesma performance do seu maior concorrente.

Momentos após a criação do Postfix, o autor recebeu um anuncio informando que o Sendmail estava fazendo aniversário, e que estava dando um tipo de incentivo financeiro, e ele conseguiu isso. Tempos depois, o pessoal do Sendmail entrou em contato com ele, querendo saber o porque que o Postfix crescia tanto, e o autor disse que não tinha nada de diferente nisso e lhes enviou todos os códigos do Postfix, para que fossem analisados.

Com relação à arquitetura, aprendi que o Postfix é um conjunto de pequenos softwares que fazem coisas pequenas independentes, e que esse design foi crucial para a manutenção do código, bem como o seu posterior crescimento. Também relacionado ao formato do Postfix, o autor mostrou como o mesmo faz o tratamento das mensagens recebidas, que é basicamente um filtro dividido em etapas onde as mensagens vão passando uma a uma ate que o servidor decida coloca-las nas devidas caixas de entradas, ou se colocam como SPAM.

A vontade do autor em manter o Postfix simples se mostra no tamanho do código: a princípio eram 2000 linhas e hoje tem algo em torno de umas 10000. Tudo isso foi construído com basicamente equipe de "uma pessoa e meia".

Apesar do assunto abordado pelo autor não ter relação direta com o meu trabalho, foi proveitoso ver como pensa o autor e sua atitude de tentar melhorar o que não estava indo tão bem.

Comentários
Aceita-se formatação à la TWiki. HTML e scripts são filtrados. Máximo 15KiB.

 
Enviando... por favor aguarde...
Comentário enviado com suceso -- obrigado.
Ele aparecerá quando os moderadores o aprovarem.
Houve uma falha no envio do formulário!
Deixei uma nota para os admins verificarem o problema.
Perdoe-nos o transtorno. Por favor tente novamente mais tarde.