Veja como foi o Tempest Talks São Paulo

Conteúdos exclusivos, trocas de conhecimentos e networking. Este foi o resultado da primeira edição do Tempest Talks São Paulo, que aconteceu nesta quinta-feira (15/10), no Restaurante Dalva e Dito, Jardins (SP). O evento foi realizado pela Tempest Security Intelligence, com a proposta de reunir parceiros, clientes e equipe em um ambiente descontraído e intimista.

“O evento foi um sucesso. Tudo aconteceu conforme o planejado e os conteúdos das palestras foram excelentes. Ficamos muito felizes com o resultado desse primeiro Tempest Talks. Certamente, muitos outros virão”, disse o CEO da Tempest, Cristiano Lincoln Matos.

Foram quatro palestras técnicas, ministradas para um público de cerca de 60 pessoas. As pesquisas apresentadas foram "Abusing SOP in Safari browser (OS X): The powers of the File URI scheme”, de Marcelo Pessoa; "Android apps: SSL Certificate Pinning Bypass", de Antônio Carlos Martins; "Detectando obscuridades: analisando pcap files", de Rafael Silva, e "Phishing 2.0 - A evolução dos ataques no cenário brasileiro", de Aldo Albuquerque.

O conteúdo foi aprovado pelos participantes. Para Jonas Abreu, Engenheiro de Segurança da Nubank, o conteúdo foi irretocável. “Todas as palestras pareciam ter sido feitas pra mim (risos). Tem tudo a ver com o que estamos fazendo e buscando para a NuBank. Eu fiquei muito satisfeito com todas as apresentações”, comentou.

O coordenador de Segurança da Informação da Kantar Ibope Media, André Luiz Fabiano, disse ter ficado surpreso com os conteúdos apresentados. “O evento foi excelente. A palestra sobre phishing foi muito boa e mostrou um caso de phishing que recebemos esta semana. Com a apresentação do El Pescador, ficamos muito interessados na plataforma”, ressaltou.

Segundo o gerente de governança da Alelo, Haroldo Rivaldo, a iniciativa precisa ser feita com mais frequência. “É interessante porque nós, clientes, não temos essa visão técnica. Então, desperta atenção sobre alguns pontos que devemos observar dentro da nossa casa (empresa). A Tempest cuida de muitas coisas para nós, mas é importante termos esse outro tipo de contato”, falou.

A dinâmica do evento também favoreceu o networking entre os convidados. “Achei fantástico. Apesar de ser mais técnico, foi produtivo até mesmo para quem está na área gerencial, porque tem que estar atento ao que acontece no setor. E a iniciativa fica ainda mais interessante por não ter venda de produto, mas por dar informação e troca de experiência”, avaliou Cristiano Adjuto Campos, superintendente de Segurança da Informação da BM&FBOVESPA.

Além do #TTalks São Paulo, a Tempest realiza a edição do evento no Recife. Ainda não há expectativa para a segunda edição paulista, mas a ideia é que o encontro aconteça periodicamente nas duas cidades.

Comentários
Aceita-se formatação à la TWiki. HTML e scripts são filtrados. Máximo 15KiB.

 
Enviando... por favor aguarde...
Comentário enviado com suceso -- obrigado.
Ele aparecerá quando os moderadores o aprovarem.
Houve uma falha no envio do formulário!
Deixei uma nota para os admins verificarem o problema.
Perdoe-nos o transtorno. Por favor tente novamente mais tarde.